X

Salma Mogames

Salma Mogames nasceu no interior do estado de São Paulo, na cidade de Jacareí, em 1925, filha de pais sírios, ambos originários de Der-Atie [Deir Atiya], imigrados para o Brasil na década de 1920.

Em 1944, Salma ingressou na Escola de Belas Artes de São Paulo, instituição importante na capital, inaugurada em 1925. Justamente no ano de seu ingresso, a escola passara a dividir o mesmo espaço físico ocupado pela Pinacoteca do Estado de São Paulo, na praça da Luz. Ela conclui sua formação em 1950, quando participa da mostra coletiva de formandos pela instituição, na Galeria Prestes Maia. Na ocasião, teria vendido as telas exibidas (“Êxodo nordestino” e “Natureza-morta”). No ano seguinte, continuou seus estudos na Accademia Cimabue, em Milão, na Itália.

Retornando ao Brasil, a artista inaugura sua primeira mostra individual no Club Homs, em 1952, contando com mais de 1.200 convidados. A partir daí, teria logrado se projetar dentro da colônia sírio-libanesa, que passou a solicitá-la como retratista.

Ana Paula Cavalcanti Simioni
Exposição Mulheres Artistas: nos salões e em toda parte
[Arte132 Galeria | de 04 de junho a 30 de julho de 2022]

Arranha-céus | Óleo sobre tela | 100 x 80 cm | 1954.